quinta-feira, 22 de outubro de 2009

COMO PREPARAR E EXTRAIR O MELHOR DAS PLANTAS MEDICINAIS

Pela dissolução, isto é, reduzir à forma liquida (chás) partes das plantas como folha, flor e caule temos que observar algumas medidas para não se perderem os princípios medicamentosos das plantas.Tem que ser preparadas em recipiente, de barro, de porcelana ou de esmalte.

Deve-se evitar, em todo o caso, os utensílios de metal que são atacados pelos ácidos das plantas e que podem alterar os componentes químicos extraídos dessas plantas.Pode ser preparada em água fria – por maceração – ou em água quente – por infusão ou decocção.

Maceração – Após amolecer ou esmagar as partes da  planta, coloca-se em água fria por  durante uma ou duas horas, e ás vezes mesmo durante toda a noite - em água fria – dependendo da planta.

Infusão – Após ter despejado água fervente sobre os pedaços frescos ou secos da planta, deixa-se infundir a mistura durante algum tempo que varia de alguns minutos a meia hora para as flores, os caules e as folhas, e de uma a duas horas para as outras partes da planta como raiz ou casca.

Decocção – Extraem-se os produtos ativos das plantas cozendo-as em água. O tempo de cozimento varia conforme a planta ou parte da planta utilizada. Será mais longo para a casca e a raiz, do que para as flores ou frutos. Deixa-se esfriar a mistura, o tempo e depois, filtra-se, coa-se. Esse processo só é utilizado nos casos em que a infusão não é suficiente para dissolver na água os princípios ativos dos vegetais.

terça-feira, 6 de outubro de 2009

MAGNETOTERAPIA


A magnetoterapia tem revolucionado o universo da estética, gerando resultados imediatos e duradouros para quem busca uma pele saudável e mais jovem.
Terapia milenar, ela consiste na arte da cura através dos imãs, capaz de restabelecer e manter o equilíbrio enérgico, aumentando a resistência física e psicológica dos seres vivos. A forma de utilização dos ímãs tanto pose ser com a aplicação externa dos mesmos em pontos específicos do corpo, como na ingestão de água imantada, que estimula os canais de energia, sem danificar organismo.Considerada tanto curativa, quanto preventiva, a magnetoterapia não tem contra-indicação.
Dentre seus benéficos destacam-se: combate ás dores em geral, aumento da capacidade respiratória, correção da pressão sangüínea, eliminação do cansaço, alivio á rigidez dos músculos e imunização do corpo contra determinadas doenças. Usado ainda em tratamentos estéticos para amenizar rugas de expressão, o método utiliza um imã capaz de conduzir íons que ativam a membrana das células cutâneas, abrindo os poros e permitindo que os produtos aplicados nos tratamentos penetrem com mais intensidade na pele, recuperando a sua vitalidade e juventude e restaurando, ainda, seu tônus e textura. Cada sessão de magnetoterapia pode durar até 40 minutos. Estes, divididos em 5 etapas nas quais ocorre a remoção das células mortas, a limpeza profunda, o equilíbrio iônico da pele e a ação antioxidante. O tratamento pode ser feito uma só vez para um resultado instantâneo, porém o mais indicado é que seja feito uma vez por semana a fim de uma ação prolongada e de prevenção. Rápida, eficaz e indolor, a magnetoterapia proporciona ainda alto grau de relaxamento e bem-estar. Na sua qualidade de medicina natural, ela trata o corpo como um todo, atacando e prevenindo o envelhecimento precoce e promovendo o bem-estar físico e psíquico do ser humano sem efeitos secundários.