terça-feira, 25 de agosto de 2009

É inegável o avanço da medicina nestes últimos séculos, não podemos ir contra este fato, e não seremos nós aqui a levantar uma bandeira contra a medicina tecnológica de hoje. Mas também é outro fator incontestável que o aumento do uso de produtos químicos tem nos deixado em alerta. Sem o respeito pelo corpo e a natureza, a medicina tecnológica nos causa temor. Conciliar a natureza e a ciência, o equilíbrio físico e o mental, são os pontos centrais das Terapias Alternativas. Pois a sua função consiste em preservar este equilíbrio, ou em caso de crise provocada pela doença, concorrer para o seu restabelecimento. Considerando o terreno sobre o qual a doença evolui, tem por objetivo, graças a uma higiene de vida física e mental e uma dieta apropriada, permitir que o individuo saudável se previna contra as agressões mórbidas, e proporcionar ao doente os meios que ajudarão a natureza no seu esforço para o restabelecimento da saúde. Prevenção e tratamento: duplo objetivo a ser atingido, habitualmente alcançado graças ao emprego de uma terapêutica baseada em métodos curativos, nos remédios (de origem natural, vegetal e animal – não químicos não sintéticos) e nos tratamentos com Terapias Alternativas.
As Terapias Alternativa usa os recursos destinados a reestruturar o equilíbrio biológico do individuo como por exemplo, as massagens, a correção vertebral, a colocação de agulhas de acupuntura, os exercícios físico; recorrer-se a agentes naturais tais como o ar, a água ou o sol, em curas prescritas pelo médico; e não podemos deixar de reforçar o uso da dietética. E finalmente serão representados por tratamentos de âmbito da própria esfera psíquica, sob forma de diferentes meios de relaxamento mental
De todos os tratamentos terapêuticos naturais que serão aqui exposto, será apresentado um histórico de sua origem, sua definição, as características, indicações para o seu uso,
as propriedades terapêuticas e suas funções, a conduta do tratamento, o modo de sua ação, a posologia adequada, e as contra-indicações.
Os tratamentos terapêuticos naturais aqui apresentados são os seguintes:
A Acupuntura- um tratamento chinês milenar através de colocação de agulhas em certos pontos cutâneos.
A Algoterapia- tratamentos com o uso de algas marinhas.
A Balneoterapia- o tratamento milenar com o uso de banhos quentes ou frios.
A Climatoterapia- o tratamento através das formas climáticas disponíveis na natureza.
A Dietética- o tratamento através do uso de alimentos, suas vitaminas, as variadas formas de digeri-lo.
A Ergoterapia- o tratamento através de exercícios físicos (ginásticas, ioga, caminhadas ).
A Fitoterapia- o tratamento através do uso de plantas, folhas, raízes, caules, folhas, flor...
A Hidroterapia- o tratamento através de uso das águas termais- minerais.
A Homeopatia- o tratamento através de produtos minerais, vegetais e animais.
A Massoterapia- o tratamento através da massagem.
A Oligoterapia – o tratamento através de substancias oligo-elementos encontradas em nosso organismo.
A Psicoterapia – o tratamento através da psicanálise.
A Talassoterapia- o tratamento através dos elementos marinhos disponíveis no banho de mar.
A Vertebroterapia- o tratamento através de massagens diretamente na coluna vertebral.